Capa

Stephan Barcha e Chevaux Zilverstone faturam Clássico nos 83 anos da Sociedade Hípica Brasileira

Evento também recebeu provas válidas pelo ranking da casa, a Final do Longines XTC com vitória na classificação geral do time Imperium, integrado por Doda Miranda, que também foi vice no Clássico. Essa semana, de 25 a 28/11, a 2ª semana fecha as comemorações com GP Troféu Roberto Marinho.

23.11.2021  |  3.792 visualizações

Duas semanas de competição reúnem a família do hipismo brasileiro em comemoração ao 83º Aniversário da Sociedade Hípica Brasileira, no Rio de Janeiro. A primeira semana, entre 18 e 21/11, contou com 16 provas de 0.60 a 1.45m, válidas pelo ranking Village Mall da entidade anfitriã, final do Longines Extreme Challenge e ranking brasileiro.

No domingo, 21/11, o Clássico, a 1.40/1.45m, encerrou a competição. A disputa contou com 49 conjuntos em que os 12 conjuntos zerados mais rápidos habilitaram-se- para a 2ª volta e oito voltaram a garantir pista limpa no percurso armado pela course-designer internacional Lucia Faria Alegria de Simões.

Fazendo jus à condição de um dos mais premiados conjuntos chegando a 51 vitórias no circuito nacional, Stephan Barcha, carioca radicado em Brasília e atual campeão brasileiro senior top, levou seu Chevaux Zilverstone à vitória com duplo zero em 40s52.

Sagrou-se vice-campeão, o medalhista olímpico e pan-americano Doda Miranda com Argentinissima Z, que garantiu seu duplo zero, em 41s03. Em 3º lugar chegou o top Luiz Francisco de Azevedo, o Chiquinho, integrante do Time Brasil no Mundial 2018 e especialmente vindo dos EUA, que montando Le Care fez duas apresentações perfeitas e o tempo de 43s17 na 2ª e decisiva volta.

Completaram o placar da da 4ª à 6ª colocação o cavaleiro da casa Rodrigo Ullmann Lima com Kent do Santo Antonio, Stephan, dessa feita, com Chevaux Cooper e Rodrigo Sarmento com AD Daughter of Cool 25 GMS, por Minas Gerais.  A disputa distribuiu R$ 50 mil. 

A 7ª Etapa e final do Longines XTC, badalada disputa por equipes com provas a 1.20, 1.30 e 1.40m, teve vitória do Time Exitum representado na decisiva disputa a 1.40m por Thiago Mattos/Hermes do Santo Antonio, Luiz Felipe Pimenta/Akron JMen e Stephan Barcha/Veron Fortis. Mas o time Imperium liderado por Doda Miranda já era campeão antecipado. O badalado circuito terá seu playoff no Doda Training Center, Itatiba (SP), entre 14 e 19/12, com nada menos que R$ 1.574.000 em premiação. 

Essa semana, a 2ª semana do competição agita a Sociedade Hípica Brasileira na lagoa Rodrigo, aos pés do Cristo Redentor, dessa vez, com 15 provas desde 1 a 1.50/1.60, fechando com o GP Troféu Roberto Marinho com R$ 120 mil em jogo, válido como etapa seletiva para a Final da Copa do Mundo 2022 e penúltima etapa do ranking brasileiro senior top 2021 que terá sua última etapa na Sociedade Hípica Paulista, entre 2 e 5/12. 

Patrocinadores: Total, Sportv, VillageMall, Multiplan, Grupo Sabemi, ARM Gestões, MXM, AD, Haras Rosa Mystica, Cabriz, Grupo Orthopride. Apoio: Pouso Alto, Três Corações, Mineirart, Japiassu, Irmarfer e SuperK.

Resultado completo e programação da 2ª semana. 

Informações: Carola May - 11 99715 9499

Leia também...
06.06.2022

João Paulo Gouvea levou Doria One Mystic Rose, cega de um olho, ao topo do pódio Paulistão Senior Especial, a 1.35m. Já Pedro Tavora de Matos garantiu o título estadual Senior, a 1.45, com Giovana Método, que há pouco mais de 2 anos ainda saltava 1.10m.

01.06.2022

João Paulo Gouvea, 36, vem em franca ascensão como cavaleiro titular do Haras Rosa Mystica, criatório de ponta que vem investindo forte em sua carreira. Longevidade no hipismo e bons cavalos fazem a diferença.

05.12.2021

Amazona amadora e renomada jurista, Luciana treina com Marcos Fernandes Alves, o Joca, dono de dois bronzes na Paralímpiada de 2008. Em cinco anos, Luciana subiu da série 1.20m ao mais alto rendimento e é a melhor amazona da atualidade no país, em uma categoria dominada por homens.

29.11.2021

Duas semanas de competição marcaram o 83º Aniversário da Sociedade Hípica Brasileira. Na 6ª feira, 26, Stephan Barcha e Chevaux Primavera venceram o GP World Cup Qualifier e nesse domingo, 28, bateram na trave no GP Troféu Marinho, que teve como vice-campeão o top José Roberto Reynoso Fernandez Fº.