Capa

Luiz Felipe Pimenta Alves com Akron JMen ingressa no hall dos campeões do GP Troféu Roberto Marinho no Rio

Duas semanas de competição marcaram o 83º Aniversário da Sociedade Hípica Brasileira. Na 6ª feira, 26, Stephan Barcha e Chevaux Primavera venceram o GP World Cup Qualifier e nesse domingo, 28, bateram na trave no GP Troféu Marinho, que teve como vice-campeão o top José Roberto Reynoso Fernandez Fº.

29.11.2021  |  1.366 visualizações

No domingo, 28/11, o tradicional GP Troféu Roberto Marinho, instituído em 1988, fechou as festividades da segunda semana do Concurso Nacional e Internacional dos 83º Aniversário da Sociedade Hípica Brasileira, no Rio de Janeiro. Sagrou-se campeão, o cavaleiro brasiliense Luiz Felipe Pimenta Alves com Akron JMen, BH de apenas 9 anos, que fez sua estreia nesse nível de competição.

Disputado a 1.50m, o GP reuniu 29 conjuntos, dentre os quais os 12 melhores habilitaram-se à 2ª volta. Somente dois haviam zerado a 1ª volta. Último a largar, por ter sido o mais rápido e zerado, todas as expectativas estavam voltadas para Stephan Barcha com Chevaux Primavera Montana, dupla que venceu o GP World Cup Qualifier na sexta-feira, 26/11 e atual campeã brasileira senior top. Mas o conjunto acabou cometendo faltas nos três últimos obstáculos. Assim Pimenta e Akron JMen que fecharam a 1ª volta com apenas um derrube e zeraram o 2º percurso em 44s88 ingressaram o prestigiado hall dos campeões do GP Troféu Roberto Marinho.

"O Akron é um cavalo que acabei de estrear em um GP, é o primeiro GP dele dessa importância e estou muito feliz com o resultado. Agradeço a Deus, aos proprietários a Lucila e Abel Perez, toda minha equipe, esposa, estou muito muito emocionado", declarou Pimenta, 36 anos, que defendeu o Brasil na Final da Copa do Mundo em 2019. "Nosso esporte envolve muita coisa: construção, reconstrução, a gente vive isso intensamente. Quando o Stephan entrou, eu não esperava vencer, a égua dele é acima da média e ele é um cavaleiro que dispensa comentários. Então hoje foi meu dia, agradeço a todos e parabenizo os meus concorrentes", concluiu o campeão que recebeu seu prêmio das mãos de João Roberto Marinho.

Sempre competitivo, o pentacampeão brasileiro senior top José Roberto Reynoso Fernandez Filho, campeão do GP Troféu Roberto Marinho em 2020 com Cornet Dor JMen, dessa vez, levou seu craque Azrael W ao vice-campeonato com um derrube trazido da primeira passagem e pista limpa da 2ª, em 46s26. Em 3º lugar chegou o paranaense Daniel Khury com Euclides Método, uma falta, 47s56.

Essa semana, a elite do hipismo disputa o CSI-W Top Riders, entre 1 e 4/12, na Sociedade Hípica Paulista, onde o GP Top Riders encerra a contagem do ranking brasileiro senior top e seletivas para a convocação de três conjuntos rumo ao Winter Equestrian Festival 2021 na Florida (EUA), a cada ano o maior point do hipismo das Américas a cada início de temporada com duração de três meses. Stephan Barcha e Luciana Lossio, vice-campeã brasileira senior top, já garantiram a convocação. 


GP Troféu Perpétuo Roberto Marinho 2021

Campeão Luiz Felipe Pimenta Alves / Akron JMen - FHBR - 4/0 - 4/44s88
Vice José Roberto Reynoso Fernandez Filho / Azrael W - FPH - 4/0 - 4/46s26
3º Daniel Khury / Euclides Método - FPRH - 4/0 - 4/47s56
4º Sergio Marins / LF Cornet Super Star - FHMG - 1/4 - 5/52s09
5º Ivo Roza Filho / Horse a Porter Enjoy da Cabana - FPH - 4/4 - 8/44s02
6º Juliano Loureiro Carlos / WS Kandanora Z - FPH - 4/4 -8/44s90

Mais sobre a 2ª semana do 83º Aniversário da Sociedade Hípica Brasileira

Mariana Cassettari fatura o Clássico 1º Troféu Rodolpho Figueira de Mello nos 83 anos da Sociedade Hípica Brasileira no Rio

ATUALIZADO | Stephan Barcha fatura GP World Cup nos 83 anos da Sociedade Hípica Brasileira no Rio

 

Informações: 11 99715 9499 Carola May

Leia também...
06.06.2022

João Paulo Gouvea levou Doria One Mystic Rose, cega de um olho, ao topo do pódio Paulistão Senior Especial, a 1.35m. Já Pedro Tavora de Matos garantiu o título estadual Senior, a 1.45, com Giovana Método, que há pouco mais de 2 anos ainda saltava 1.10m.

01.06.2022

João Paulo Gouvea, 36, vem em franca ascensão como cavaleiro titular do Haras Rosa Mystica, criatório de ponta que vem investindo forte em sua carreira. Longevidade no hipismo e bons cavalos fazem a diferença.

05.12.2021

Amazona amadora e renomada jurista, Luciana treina com Marcos Fernandes Alves, o Joca, dono de dois bronzes na Paralímpiada de 2008. Em cinco anos, Luciana subiu da série 1.20m ao mais alto rendimento e é a melhor amazona da atualidade no país, em uma categoria dominada por homens.

28.11.2021

Disputa homenageou Rodolpho Luiz Figueira de Mello, sócio da Hípica e ex-presidente da Federação Equestre do Rio de Janeiro, falecido precocemente em 2020. Nesse domingo, 28, o GP Internacional Troféu Perpétuo Roberto Marinho, instituído em 1988, encerra a tradicional competição.