Capa

Raphael Machado Leite garante dobradinha na Copa Ouro da 2ª Etapa do Torneio de Verão em SP

Copa Ouro foi a principal disputa do dia no 33º Torneio de Verão no Clube Hípico de Santo Amaro e contou com seis cavalos de criação nacional no pódio. Evento segue até domingo, 14, com 44 provas para todos os níveis e categorias.

12.02.2021  |  1.293 visualizações

Nessa sexta-feira, 12/2, a Copa Ouro, a 1.35m, foi a principal disputa do Concurso de Salto Nacional 3* da 2ª Etapa do Torneio de Verão que chegou a sua 33ª edição no Clube Hípico de Santo Amaro (SP). O cavaleiro Raphael Machado Leite, 34, paraibano radicado em São Paulo, dominou o placar garantindo dobradinha nas duas primeiras colocações com duas montarias de criação nacional do Haras Império Egípcio.

Dos 32 conjuntos, 10 foram ao desempate idealizado pelo course-designer internacional Gabriel Malfatti em que somente Raphael voltou a zerar. Montando a égua Billie Jean Império, de 11 anos, Raphael foi campeão sem faltas em 37s12. Com sua segunda montaria Thin Thin Império Egípcio, de apenas 8 anos recém completados, o cavaleiro do Haras Império Egípcio garantiu o vice com mais percurso sem faltas, em 39s84.

Em 3º lugar chegou a sempre competitiva dupla Rafael Ribeiro apresentando Ludam do Liberte, uma falta, 37s18. A 4ª colocação ficou com Rodrigo Chaves Nunes apresentando Calvano C JMen, seguido por Luiz Guilherme Ciampi com Casilero C JMen, também com apenas um derrube, em 37s18 e 40s27. Os três representando São Paulo. Já o 6º posto coube a Waldir Pereira de Souza Junior com Mercedes des Flandres, uma falta, 40s53, pelas cores do Rio de Janeiro.

A destacar que todos cavalos dos seis primeiros são da raça Brasileiro de Hipismo, apontando para a força e contínuo crescimento da criação nacional.

Nesse sábado, 13/2, o Clássico Isec, 1.40, com R$ 60 mil em jogo, encerra o 33º Torneio de Verão a partir das 16h30. O evento acontece seguindo protocolos de prevenção à Covid 19 e tem transmissão ao vivo por portal do CHSA.

Acompanhe o placar.

www.chsa.com.br

 

Informações: Carola May - 11 99715 9499

Leia também...
05.12.2021

Amazona amadora e renomada jurista, Luciana treina com Marcos Fernandes Alves, o Joca, dono de dois bronzes na Paralímpiada de 2008. Em cinco anos, Luciana subiu da série 1.20m ao mais alto rendimento e é a melhor amazona da atualidade no país, em uma categoria dominada por homens.

29.11.2021

Duas semanas de competição marcaram o 83º Aniversário da Sociedade Hípica Brasileira. Na 6ª feira, 26, Stephan Barcha e Chevaux Primavera venceram o GP World Cup Qualifier e nesse domingo, 28, bateram na trave no GP Troféu Marinho, que teve como vice-campeão o top José Roberto Reynoso Fernandez Fº.

28.11.2021

Disputa homenageou Rodolpho Luiz Figueira de Mello, sócio da Hípica e ex-presidente da Federação Equestre do Rio de Janeiro, falecido precocemente em 2020. Nesse domingo, 28, o GP Internacional Troféu Perpétuo Roberto Marinho, instituído em 1988, encerra a tradicional competição.

27.11.2021

A disputa foi válida como etapa seletiva para a Copa do Mundo. No domingo, 28, o GP Troféu Roberto Marinho encerra o 83º Aniversário da Hípica Brasileira, no Rio de Janeiro. Entre 1 e 4/12, o Top Riders, na Hípica Paulista, marca o encerramento da temporada internacional 2021.