Capa

85º Aniversário Clube Hípico de Santo Amaro retomou o hipismo nacional em São Paulo com sucesso

Lucio Osório venceu o GP do Ranking Brasileiro Senior Top, Rafael Collares faturou o Clássico e Giovana Sobania foi bi na Copa Ouro do tradicional Concurso na capital paulista. O evento foi fechado ao público e obedeceu a todos protocolos de prevenção da Covid-19.

08.09.2020  |  382 visualizações

Fechou com muito sucesso, após seis dias de competição entre 2 e 7/9, o Concurso de Salto Nacional 4* do 85º Aniversário Clube Hípico de Santo Amaro, na zona sul da capital paulista, totalizando mais de 2 mil participações nas provas de 1 a 1.50m com cavaleiros e amazonas do Rio Grande do Sul, Paraná, Brasília, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, diversos Estados do Nordeste, Amazonas, além, é claro, de São Paulo. A premiação total foi de R$ 228.300 mil. 

Rafael Collares com Horus Método venceu seu 1º GP Clássico

No Feriado da Pátria, 7/9, o GP Clássico encerrou o evento. Dos 66 conjuntos, cinco foram ao desempate. Sagrou-se campeão o gaúcho Rafael Collares Lucas Rosa montando Horus Método, um BH de 10 anos, em mais uma apresentação perfeita, em 41s98. “Estou muito feliz. Hoje a gente conquistou nosso primeiro grande título em GP Clássico. Depois de tanto tempo de trabalho é sempre bom a gente ver o retorno na pista. Agradeço ao meu cavalo Horus que fez o maior esforço pela gente”, destacou Rafael, 27, que monta Horus Método há três anos.

O cavaleiro olímpico Stephan Barcha, carioca que defende Brasília, com sua nova montaria Primavera Montana, BH de 9 anos, garantiu o vice com duplo zero em 43s71.Já a 3ª colocação ficou com o cavaleiro da casa Mario Appel com Challenge Z, uma falta, 41s54.

Giovanna Sobania com Atomo Clasi: bi da Copa Ouro

No domingo, 6/9, a principal atração foi a Copa Ouro, a 1.35 metro. Foram 78 os conjuntos em pista, entre os quais nove habilitaram-se ao desempate e outros cinco fecharam com apenas 1 ponto perdido por excesso de tempo dado que o tempo limite do percurso estava apertado. Antepenúltimo conjunto em pista a dupla top paranaense Giovanna Sobania e XK Atomo Classi, um puro sangue de 18 anos completos em 7/9, mais uma vez confirmou favoritismo, cruzando a linha de chegada sem faltas em 38s54, resultado que lhes rendeu o bi consecutivo na Copa Ouro do Aniversário do CHSA. A destacar ainda que, com Atomo Clasi, Giovana computa inúmeros títulos em provas de velocidades nacionais e internacionais na Europa.

Também com excelente atuação, a jovem amazona Maria Luiza Martha Vieira, a Malu, campeã brasileira pré-junior 2019 e sul-americana pré-junior 2018, com Acarole do Refúgio, garantiu o vice-campeonato sem faltas, 39s18, por São Paulo. Já a 3ª colocação coube ao cavaleiro top amazonense Pedro Paulo Cordeiro com Shy Boy, pista limpa, 40s48.

Lucio Osório com Galipolli: campeão do GP do Ranking Brasileiro Senior Top

Na noite do sábado, 5/9, o GP Clube Hípico de Santo Amaro, a 1.50m disputado em 2 voltas, válido pela 2ª Etapa do ranking brasileiro senior top 2020, foi o ponto alto. Com o melhor tempo na 1ª volta o cavaleiro top Lucio Osório montando Galipolli ter Doorn foi o último em pista e com duplo zero em 41s47 sagrou-se campeão. Dos 34 conjuntos inscritos, conforme a regra, os 12 melhores habilitaram-se para a 2ª volta com armação do course-designer internacional Gabriel Malfatti. Apontando para o alto nível técnico, nove fizeram pista limpa e outros nove conjuntos fecharam com apenas uma falta no percurso com 13 obstáculos, entre os quais os três com o melhor tempo foram para a 2ª e decisiva rodada com oito obstáculos.

“O GP estava difícil e tivemos muitos conjuntos zerados, o que tornou a 2ª volta bastante competitiva”, destacou Lucio, 27, mineiro radicado em São Paulo. “Foi um dia espetacular, a Galipolli como sempre dando muita alegria para mim. Foi um GP difícil e rápido, mas a Galipolli (hoje com 14 anos) corresponde bem e mesmo nessa altura consegue ter velocidade”, destacou o cavaleiro que, entre outras conquistas, vem de um 3º lugar no GP na 1ª etapa do ranking senior top em Curitiba em 18/8.

Ao lado do campeão Lucio, outros três cavaleiros garantiram duplo zero e o vice-campeonato ficou com ginete da casa Guilherme Foroni com Cornet Silver JMen, dupla campeã do GP nos 84 anos do CHSA, em 42s11. Completando a rodada do conjuntos sem faltas, o cavaleiro olímpico Stephan Barcha com Atomic des Luthiers garantiu o 3º posto, 43s53, representando Brasília e o jovem talento de Minas Gerais André Moura, 20, com seu Ferrari M conquistou o 4º posto, 44s33. O GP distribuiu 80 mil reais em premiação.

Agenda do Ranking Senior Top


O 2º semestre de 2020, após a retomado das competições interrompidas devido a Covid-19, são nove as etapas do ranking brasileiro senior top. A cada etapa obrigatoriamente acontece uma qualificativa do GP, 1.45m (peso 1), e GP, chamada mínima 1.50m, (peso 1,5). Somente no Campeonato Brasileiro Senior a pontuação é pela classificação geral (provas isoladas não podem ser descartadas). Nas demais etapas pode haver descarte de seis provas e caso alguma etapa não seja realizada, as respectivas provas serão consideradas como descartes, remanescendo quatro provas a serem descartadas e assim sucessivamente. Última etapa não pode ser descartada. O campeão do ranking brasileiro senior top será premiado com um carro 0 km.

Ranking Brasileiro Senior Top 2020
1ª Etapa CSN 75º Aniversário SHPR – 12 a 16/8
2ª Etapa CSN 85º Aniversário CHSA – 1 a 7/9
3ª Etapa CSN Agromen – Orlandia- 13 a 18/10
4ª Etapa CSI-W Indoor – SHP – 16/10 a 1/11
5ª Etapa Campeonato Brasileiro Senior Top – SHP – 19 a 22/11
6ª Etapa CSI-W Rio de Janeiro – SHP – 25 a 29/11
7ª Etapa CSN Top Riders – SHP – 3 a 6/12
8ª Etapa CSN D Maio – CHSA – 9 a 13//12
9ª Etapa CSN Santo Amaro – CHSA – 16 a 20/12

 

Resultado completo.

 

Informações: 11 55 99715 9499